Saturday, October 16th, 2021

Centro de Documentação que registra memórias de imigrantes holandeses no Brasil completa 10 anos

Objetivo agora é digitalizar acervo e manter local como referência para estudiosos da história da imigração e das famílias que chegaram ao país

Desde que os imigrantes holandeses começaram a chegar ao Brasil, eles buscaram deixar marcas de sua cultura em cada cidade por onde passavam ou se instalavam. E, para que as suas riquezas culturais ficassem registradas, um Centro de Documentação foi organizado pela Associação Cultural Brasil-Holanda e completa 10 anos em 2021. Foi a criação do espaço, em Carambeí (PR), que permitiu que as histórias de diversas famílias passassem a ser documentadas em livros para o conhecimento das futuras gerações. 

Um dos responsáveis por reunir o legado desse povo e se aprofundar na história da colonização holandesa é o professor e secretário da ACBH, Johan Elbertus Scheffer. “Esse material histórico tem grande valor para o povo holandês. E todos os documentos estão reunidos em um espaço próprio para que não se percam. Além disso, a ideia é que o Centro fosse um local de referência para estudiosos do assunto”, afirma o professor. Ele conta também que o objetivo futuramente é a digitalização de todo o acervo. “Com a digitalização de todos os materiais é possível que mais pessoas possam ter acesso ao conteúdo, ampliando ainda mais a divulgação da nossa história”, explica. 

O Centro de Documentação também dá a possibilidade aos filhos de imigrantes conhecerem mais sobre a história dos familiares. São mais de 200 documentos como relatórios, folhetos, artigos, trabalhos acadêmicos e livros em holandês e português. O acervo também conta com materiais iconográficos e audiovisuais sobre imigração, cooperativismo e história das colônias holandesas. “É muito significativo para nós termos livros e documentos registrados no nosso acervo e perceber como isso ajuda a preservar a cultura holandesa. O Centro de Documentação recorda o nosso país, a nossa história, a vinda dos primeiros holandeses para o Brasil e também auxilia a valorizar a nossa cultura que é tão rica”, destaca a conselheira da ACBH, Marina Van der Vinne.

Sobre a ACBH

A Associação Cultural Brasil-Holanda (ACBH) é uma organização formada por holandeses e descendentes de holandeses no Brasil, oriundos de diversas colônias. Visa preservar o patrimônio histórico artístico e cultural holandês e brasileiro para a posteridade. Também quer incentivar, desenvolver e divulgar as várias formas de expressão cultural. Mais informações: https://www.acbh.com.br/