Saturday, July 20th, 2024

Identificação dos instrumentais cirúrgicos

É de grande importância que os instrumentais cirúrgicos sejam devidamente identificados. Tudo isso para que todo o processo de esterilização e separação do material seja feito de forma rápida e eficiente. 

Não só isso como, também, deve ter sua identificação para a correta instrumentação em procedimentos como cirurgias, por exemplo. Um bom material cirúrgico é aquele capaz de trazer segurança para os pacientes e a equipe médica e, o primeiro passo para isso, é realizar sua correta identificação.

O que são instrumentais cirúrgicos?

Os instrumentais cirúrgicos são as ferramentas o qual se utiliza, geralmente, para suturar, fazer incisões, manipular ou realizar outros procedimentos de natureza cirúrgica. Os profissionais da saúde, como os médicos ou cirurgiões dentistas, são os principais responsáveis por manusear esses instrumentos.

Além disso, os objetos são feitos de materiais resistentes como o aço cirúrgico, inoxidável e próprio para a esterilização. Suas partes principais incluem as ativas, ou seja, as lâminas ou garras, pontas, hastes e os anéis que servem para manuseá-los. Os mais comuns são os bisturís, pinças cirúrgicas ou tesouras.

Como podemos classificar os instrumentais cirúrgicos?

A classificação desses instrumentos parece ser complexa mas, na verdade, é mais fácil do que parece. Cada um deles é classificado de acordo com a sua função e as partes que compõem o instrumento. Como por exemplo, os bisturis são identificados apenas pelas lâminas e hastes. Enquanto as tesouras são identificadas por haste, anéis e duas pontas que podem variar.

Já as pinças cirúrgicas de dissecação são usadas para segurar tecidos e são conhecidas por duas pontas ligadas a uma haste. Existem também os instrumentais cirúrgicos para exposição de tecidos ou órgãos, classificados de expositores. 

Quais os principais instrumentais cirúrgicos?

Os bisturis são os principais objetos instrumentais cirúrgicos, pois são usados em todas as cirurgias para fazer a incisão na pele ou em outros tecidos. Já as tesouras atuam quando é preciso cortar os tecidos abaixo da pele ou realizar suturas.

As pinças cirúrgicas de dissecação são frequentemente usadas quando é preciso segurar alguma parte dos tecidos em cirurgias. Os objetos instrumentais de exposição entram em ação quando é preciso expor algum tecido mais profundo ou algum órgão. Então, devido a alta usabilidade, esses objetos são os principais usados nas cirurgias.

Como identificar instrumentais cirúrgicos?

Existem várias formas de identificar e separar objetos instrumentais cirúrgicos. O método mais usado é o de colocar fitas que ajudam a separar esses materiais na hora de fazer a esterilização. Cada centro cirúrgico pode decidir a maneira como quer identificá-los.

Dessa forma, cada cor representa uma classe desses instrumentos. Ainda, essas fitas são resistentes nestes processos de limpeza e durante o manuseio cirúrgico, no qual não se soltam dos instrumentos, não deixam resíduos e nem materiais tóxicos.

Onde comprar tesoura cirúrgica e afastador anal?

Ao comprar tesouras e afastadores, é preciso conhecer a procedência do material. Além de todos os materiais cirúrgicos que precisar, a empresa Endocommerce tem as melhores tesouras cirúrgicas e afastadores anais do mercado, e entregam para todo o Brasil. 

Confira o catálogo da Endocommerce e adquira os melhores instrumentais cirúrgicos esterilizáveis do mercado, como as suas Pinças Cirúrgicas, por exemplo. Entre em contato pelo Whatsapp, ou pelo número de telefone (27) 3441-3435 e invista no seu centro de saúde!

A Endocommerce possui o maior catálogo de itens, desde bisturis a móveis hospitalares. Com reputação notável no mercado desde 2020, a Endocommerce surgiu através do grupo Endogerais, empresa especializada em fornecer equipamentos cirúrgicos. Confira e identifique seus instrumentais para a melhor organização do seu centro.