Wednesday, May 18th, 2022

O que não pode fazer antes da mamografia?

A mamografia é o exame mais comumente usado na detecção de câncer de mama. Sem ele, a paciente fica vulnerável ao achado ocasional de um nódulo endurecido e indolor — que só é perceptível quando a lesão tem entre 2 e 3 cm de comprimento.
Mas, ainda há muitas dúvidas sobre o exame, como é feito, quais são os preparos necessários, entre outras. Continue lendo este conteúdo para saber mais sobre o assunto!

O que é a mamografia?

A mamografia é semelhante ao raio-X de mama. É um procedimento bastante simples cuja única dor é passageira. A paciente deverá colocar os seios entre as duas placas mamógrafo no momento do exame.
Como resultado, o dispositivo comprime as mamas e gera imagens de alta resolução e com detalhes capazes de detectar câncer mamário precoce, mesmo antes de os sintomas aparecerem na mulher. A interpretação é feita por um especialista utilizando a classificação BI-RADS.
Estima-se que uma em cada dez mulheres desenvolverá câncer de mama em algum momento de suas vidas. Sendo assim, realizar uma mamografia regularmente conforme indicado por um especialista permite o diagnóstico de 95% dos casos com uma maior probabilidade de cura.
Existem contraindicações para a mamografia?
A mamografia não é feita em grávidas ou mulheres lactantes em geral. Outros exames, como ultrassom e ressonância magnética, podem ser usados para avaliar a saúde das mães que estão grávidas ou amamentando.
As exceções incluem situações em que uma mamografia seja muito importante. Por exemplo, quando há uma possibilidade do câncer se desenvolver durante a gestação.
Além disso, as mulheres que colocaram uma prótese de silicone devem esperar pelo menos seis meses para fazer o exame. E se a paciente foi submetida a quaisquer exames, incluindo o uso de um agente de contraste venoso, a mamografia deve ser adiada por dois dias.
A partir de quando deve-se começar a fazê-la?
De acordo com as associações médicas brasileiras, o ideal é realizar exames de mamografias de rotina a partir de 40 anos de idade. Em linhas gerais, um exame físico é necessário a cada ano até por volta dos 75 anos de idade.
O exame de mamografia pode reduzir o número de mortes causadas por câncer de mama em até 30% quando realizado nesta faixa etária. Porém, não existe algo como uma idade mínima para mamografia.
Segundo os especialistas, em casos específicos, como quando há um histórico de câncer de mama em parentes de primeiro grau, uma inspeção pode ser solicitada em mulheres mais jovens com intervalos mais curtos.
A mamografia machuca?
Apesar do fato de as sensibilidades variarem, é possível afirmar que mamografia não machuca, mas dói, devido à compressão das mamas. Os especialistas recomendam o seguinte para reduzir o desconforto:
• 2 meses antes do exame, manter uma dieta rica em ácido linoleico e ácido galalinoleico (encontrado em alimentos como azeite extravirgem, castanha-do-pará, sardinha e salmão, entre outros);
• Não fazer o exame durante o período menstrual, no qual a mulher experimenta mais dor devido a uma retenção de líquidos ou até um problema hormonal. Entre o 5º e o 10º dia após a menstruação as mamas estão menos doloridas;
• Realizar uma ultrassonografia antes da mamografia para determinar o tamanho dos cistos e, se eles forem maiores que 2 cm, esvaziá-los antes do procedimento;
• Consultar o seu médico sobre a possibilidade de tomar anti-inflamatórios ou analgésicos duas horas antes da mamografia.

Como é o preparo para a mamografia?

Antes de fazer o exame, é recomendado que a mulher lave bem suas axilas e evite usar desodorante ou talco na área para evitar interferir na captura da imagem.
Outra sugestão é vestir duas peças (como uma blusa e uma calça) para ajudar na exposição dos seios ao longo do exame e será preciso colocar um avental na parte de cima.
Como é o pós da mamografia?
Em geral, não há nenhum conselho específico ou acompanhamento após o exame. Uma mulher pode fazer seu negócio normalmente e ir embora depois, em alguns casos, uma mamografia pode ser suplementada por uma ultrassonografia materna.
Quais são os tipos de exames de mama?
Os tipos mais comuns de exame materno são:
• Ultrassom das mamas, muitas vezes conhecida como mamografia: é um procedimento que envolve colocar um transdutor nas mamas da mulher e obter imagens para o diagnóstico de doenças mamárias. Este teste é ideal para mulheres jovens e grávidas, e como complemento à mamografia;
• Mamografia bilateral tradicional: Esta é uma radiografia das mamas;
• Mamografia digital: Parecida com a mamografia tradicional, após radiografia, o dispositivo digital pode converter a radiação em um sinal elétrico e enviar as imagens para um computador, que melhora a qualidade da imagem e permite a edição com áreas expandidas de interesse.
Quais são os principais mitos em relação à mamografia?
Nesta era de notícias falsas, é fundamental dissipar algumas informações falsas e distorcidas sobre o exame. Por exemplo:
• O risco de câncer é baixo e não supera os benefícios da detecção precoce;
• Uma biópsia do nódulo descoberta durante um exame de imagem não leva ao desenvolvimento de câncer mamário.
Esse tipo de fake news faz com que muitas mulheres tenham medo de mamografia. Como resultado, elas perdem a possibilidade de diagnosticar o tumor em seus estágios iniciais e receber um tratamento menos agressivo com uma probabilidade maior de cura.
Vale observar que câncer de mama é o segundo tipo mais comum de neoplasia entre as mulheres brasileiras. Porém, ao contrário de países em desenvolvimento, o número de pessoas que morrem como resultado disso continua a aumentar aqui.
Apenas a mamografia é capaz de detectar o câncer precoce em mulheres assintomáticas. De acordo com os estudos, aquelas que foram submetidos a rastreamento sistemático tiveram uma redução na mortalidade de 10 a 35 por cento (em comparação com aqueles que não o fizeram).

Conclusão

Agora que você entende como a mamografia funciona, não deixe de fazer seu exame. Basta seguir as instruções do seu médico e fazer o exame dentro do tempo indicado.
E caso tenha gostado deste conteúdo, não esqueça de compartilhar com as suas amigas também e confira outros posts como este em nosso blog!